Arquivos da categoria: Consciência.

Mente?

Seus desejos superam a sua mente?

Sua mente é dispersa? Sua mente fixa o olhar em você?

Sua mente esta lúcida?

Sua mente esta clara?

Sua mente é conscienciosa?

Sua mente te fala a verdade sobre tudo?

Sua mente… Mente?

Sua mente esta procurando te guiar para o melhor?

Sua mente tem real consciência de tudo que se passa com você?

Sua mente esta cuidando de sua saúde? Suavemente?

Sua mente fica vagando por assuntos e situações crenças, desejos e esquece-se de você?

Sua mente te faz caminhar?  Para frente?

Sua mente te faz praticar esporte?

Sua mente lhe soa bem? Sua mente te faz suar?

Sua mente te leva para suar ou somente sente soar lhe bem.

Sua mente te faz suar ou conspira e você não transpira?

Suar a pele, sue bem… Isso é o que lhe soa bem.

A sua mente é que esta te deixando gordo, a sua mente é que não cuida de você.

Sua mente não esta cuidando bem de você como um todo

Ou sua mente te faz comer como um tolo? De carne até bolo?

Deixa de ser bobo, diz: A mente.

– Vamos… Coma de tudo farinha, açúcar, carne, cozido, já tem tudo aí na sua mente e isso desde criança, esta tudo em sua mente permanentemente.

-Mente que nem sente.·.

Sua mente… Ou você dela? É sua a mente? Dê uma “espiadela”.

Suar a pele… Sue bem… Isso é o que lhe soa bem.

Corra para saúde e de sua mente

Fuja do engodo do iodo Fuja… Seja fugaz, seu mundo é você quem faz…

Fugir do frigir, do assar, do cozinhar, corra para o frugivorismo, aumente seu gás.

Corra para emagrecer… Corra para o Frugivorismo para não padecer.

Saúde para você e para sua mente.

Pelos seus frutos vos conhecereis… Não mais ter mente que mente.

Somente Namastê.

 

Credito foto: Olá, serra Gaúcha.

Hodiernamente.

A tempos que ele não sossegava a mente a mente não sossega.

Quem mente a tempos não sossega só sossegava a mente.

Sossegadamente, diuturnamente comumente infelizmente, mente.

indubitavelmente concomitantemente, mente.

Esporadicamente sente, mas não é frequente.

Quanta gente, quantas mentes sofrem concomitantemente.

Paulatinamente sorrateiramente se mostrou.

Provavelmente , nem ela mesmo se conhece.

Alguns dizem que na verdade todos mentem.

Esses mesmo dizem: Eu te amo.

 

 

 

 

 

 

E você ainda reclama?

Me “desacossoa” a resposta que ecoa.

Deus e o cosmos assim como Exú retornam meus pedidos,

em forma de som.

Amém…amém…amém.

Me amem, mesmo assim e digam amém.

Alguém que precisa agradecer.

Não importa o preço o contexto, tudo é pretexto.

No fundo reclamo e clamo, no passado bem mais.

Hoje sei quem é o capataz incapaz juntamente com Deus e o diabo.

Não me apraz.

Agora até o ecoar é uma “Eca”.

Amor: mentira…Mentira..Mentira… Me tira.

Fica: Fica…Fica…Pague seus pecados.

Grana: Grama…Ama…Ama.

Gratidão: Gratidão…Te dão.

É um Cu: Eco… Eco…Ego…Ego…Anús.

Ainda que ande sobre o vale da sombras e da morte…

Ainda ando sobre o vale da sombras e da morte…

Ainda sombras da morte.

Ainda?

 

 

Alzheimer

Lê lê não se cansa de ler.

Lelê não lê mais, cansou.

Lelê tá lelé de tanto ler.

Lelê leu nas entrelinhas.

Hereditariedade não lê.

É lelé, sem ler.

Lelê lelé é mãe de sereia.

Ou seria a sereia coisas de lelê?

Ou de lelé?

Não sei o que é.

Dizem que Alzheimer é o que é.

Triste é o que é.

Triste é o que é.

 

 

 

Arrumação pode desarrumar a relação.

Pessoas com distúrbios e fixação quanto a limpeza e arrumação acham que por arrumar e deixar o ambiente em “ordem” são corretas e ditam seus rituais e obsessões.

Uma ou duas gavetas desarrumadas pelo seu olhar é o suficiente para “desarrumar” relacionamentos amores e amizades.

Quando exercemos nossos ditames e obsessões, ritos arrumações com o nosso espaço e deixando o espaço do outro estamos sadios e seremos menos ditatoriais e impositivos de nossas verdades que as vezes nada tem a ver com a do outro, fazendo com sejamos respeitosos e não provocaremos a ira do outro.

Já o contrario é o pior dos mundos para você e para os outros. Quando ocorre o contrario o sair do nosso espaço e atuar no espaço do outro, onde esse espaço é de seu uso próprio e não do uso coletivo ai no querer impor que ele arrume e molde o seu espaço conforme o seu olhar seu desejo e sua vontade ai…bagunçou tudo.

Essa bagunça é a pior de todas, quando  você esta com a “cabeça” bagunçada, precisando de  equilíbrio.

Querer organizar a gaveta usada por outra pessoa ou que ela se organize  sem a permissão dela assim como abrir cartas ou vasculhar senhas e tantas outras coisas do outro é invasão de privacidade e desrespeito a liberdade do outro.

Um espaço com ordem é essencial, limpeza é essencial, organização é essencial, mas nada disso permite e lhe autoriza, mandar ou impor ao outro o “dever” que você enxerga.

Antes disso tudo esta o respeito ao espaço do outro, antes disso tudo esta o entendimento que temos visões e necessidades diferentes e que o amor é um desses pilares.

Arrumação em que consiste enfiar coisas em armários, como um jogo de encaixa aqui e acolá, fazendo com que todos os  espaços sejam preenchidos nada mais é do que um transtorno.

Conheci uma pessoa que pegava coisas na rua onde passava um copinho plástico uma tampinha, revirava lixos do vizinho a procura de CDs e outras coisas que poderia guardar…chegava em casa arrumava varias e varias vezes os armários e olha que essa pessoa era abastada.

Chegava em casa queria que os filhos arrumassem suas gavetas que o companheiro arrumasse duas gavetas que era de uso dele, não respeitava mais o espaço do outro com essa mania que traduzida seria um transtorno obsessivo arruinava com o que ela tinha de melhor. Sempre justificava que os outros eram bagunceiros desarrumados, enfim uma vida que ela levava de dor e que não se via assim.

Brigava com todos, agredia a todos por causa de ver a necessidade de arrumar o outro, ela desarrumou seu relacionamento e dizia:

-Por mim tudo bem, logo arrumo outro.

 

Aleppo e nosso lepo lepo.

Aleppo Síria, ONU e mais de 400 mil mortos, 4,8 milhões de pessoas na sua maioria mulheres e crianças são obrigadas a sair de suas casas.

Enquanto estou aqui escrevendo seres humanos estão agora sem paz sem água sem esperança morrendo.

Hoje vejo na TV um rapaz sendo morto por outro em um assalto na tentativa de levar a motocicleta aqui em uma das ruas do nosso Brasil.

Aleppo na Síria , lepo lepo no Brasil.

Milhões de dólares de propina para diversos países de uma única empresa ligada a construção civil ,  Brasil.

Religiões que não levam a nada pessoas continuam morrendo por causa de suas crenças, de seus tabus de seus partidos.

Homens e mulheres sofrendo e morrendo nascem para se vingar por causa de opiniões, poder….poder…poder.

Infelizmente Aleppo e lepo e lepo e tantas outras…no passado, no presente e para o futuro.

Triste…mais pessoas morrendo agora…e agora, sem seu lares…sem seus amores.

Deus de um,  deus de outro e de outro…se falando de um ou vários deuses o ser humano chegou a onde chegou…ao ódio.

Deus é amor ? O ser humano o ódio?

Triste…UM MINUTO DE SILENCIO.

É impossível as bombas caem, o choro é contido a dor é 24 horas…

Infelizmente…deus? Melhor não falar nele, deve estar ocupado com o presépio ou com as rezas ou com sei lá o que…

Consciência negra em um branco.

Giro a quartinha sobre a minha cabeça, cutuco o pé de limão e com os dedos três vezes em minha cabeça, me dirijo a  porta de metal onde bato três vezes e te saúdo…

Laroiê Exu, Laroiê…laroiê Exu laroiê…laroiê bombo gira, laroiê..Ogã Gikasum.

Hoje dia de preto hoje dia de negro hoje dia de ? Todos os dias o são, só quem sabe disso é quem tem noção.

Não abrirei aqui todos os orós tens o meu respeito acho até que abri demais mas fica aqui o meu desejo de hoje dia da consciência negra dizer que tem muitos sem consciência, acho que sou um invasor no terreiro sou branco e muitos brancos tem sido uma mancha branca no rito…sim por que se fosse negra não seria assim, com certeza.

Nome que não posso revelar te saúdo,  patacori jassi jassi, Atotô Senhor Omolu, arroboboi Oxumarê.

Nossa Senhora Aparecida aqui te saúdo, Oxum.

Não tenho o jogo para te perguntar só sei que sigo em frente sem saber os motivos que estou fisicamente distante de todos, mas presente em meu ser e no meu coração a ruptura foi e esta sendo trágica, com dor e caminhos tortuosos, mas sigo em frente sou seu filho e incorruptível dentro do culto, sem negociações e zelando pelos princípios básicos do ser e da adoração.

Não tenho medo das sanções e não tenho medo dos ditadores e vendilhões do templo.

Só não entendo, só não entendo, só não entendo.

Consciência negra e consciência dentro do candomblé são únicas limpas e translúcidas.

Existe as marias vai com as outras e as que aceitam tudo para viver no templo seriam elas certas ? seria eu o errado? Sigo conforme minhas convicções e confesso por muitos momentos me questionei e me questiono, onde estão todos vocês onde esta a verdade e onde esta a limpeza a seriedade e religiosidade verdadeira?

Sei que um dia me darão a resposta, sei que um dia terei a resposta mas confesso estou maus e precisando de vocês que façam rápido não estou aguentando mais…

Que assim seja..que prevaleça a verdade e o culto verdadeiro e fora os MAUS PAIS DE SANTO E MÃES DE SANTO…

Asé….

 

Cenas horríveis não leiam.

Afortunado é o que vive na desgraça do ser, na depressão conhece e vivência situações emoções que nenhum outro afortunado desse sistema se envolveu.

Mineiros soterrados, vitimas de cataclismos estão na mesma paridade com os de desgraças do ser, no mesmo pé de igualdade dos invadidos por esses ímãs de atração que suga contrariamente esses seres que um dia foram de ouro e hoje se ferram.

Consigam vocês pobres consigamos nós vermos que de uma forma somos superiores aos superiores pela nossa condição de desgraçados.

Desabrigados de deus, imigrantes de suas nações sem noção, atingidos pelos estilhaços da soberania da prosperidade e do amor entre seres humanos, nós que vivemos as margens dos feudos, que nos embriagamos com o vinho do furor das nações e dos segregadores funcionais.

Nossos planos de saúde não existem, nossos planos de vida não existem, nossos planos pecuniários não existem, nossos planos de voo não existem.

Creiam seremos agraciados em uma outra vida por sermos fodidos nessa, nós escolhemos em vidas passadas esse nosso carma, somos alem de ferrados perfeitos idiotas e “burros”.

Mas vivenciamos tudo isso que vocês afortunados financeiros, da moral, dos bons costumes, religiosos de toda sorte, Cardeal, Bispos, Pai de santo, pastores e teólogos com especialização em Cristo, missionários e toda sorte de bandidos…somos um com o PAI.

Somos o lado escuro da Lua, somos a fase negra dos astros, somos tal qual os micróbios, proliferamos como bactérias, sou o Vírus que cristalizou.

Quem agora no Natal comera o Peru, O porco, A cabra dará presentes e agradecerá a DEUS pela saúde que lhes tem dado , pelo alimento que recebem, pela prosperidade de seus negócios, afinal DEUS abençoou, Trabalharam para isso orgulhosos de seus feitos e de suas conquistas abençoadas por DEUS que sempre esteve a frente de seus negócios e vidas e orgasmos.

Imigrantes morrem aos montes, enfermos gemem, médicos e enfermeiros reclamam de estar ali trabalhando enquanto outros estão soltando fogos comendo e bebendo, com suas cuecas amarelas e suas roupas brancas.

Meu amigo desafortunado, ferrado, fodido, depressivo só você sente o que sente eles não sentem esse lado negro da vida, você é um escolhido…só você sente, só você conhece, só você vive a dor a morte a descriminalização a solidão de ser depressivo de ser o que ninguém tem coragem e quer ser, você é um vencedor…Parabéns , medalha de ouro…

Assim como não tem valia essa medalha a dos que são abençoados também tem o mesmo valor, os que sobrevivem e aguentam são os Heroes os que suportam esse lado da lua são de mais valia.

Com a super lua então a sombra negra aumentou e aumentara ainda mais…cada um por si e DEUS para alguns…também o que você fez aqui você paga, bem feito era esnobe, bem feito se achava, bem feito só pensava em você. DEUS CASTIGA.

 

Estagio alterado o verdadeiro.

Pele com pele esse portal que se abre todas as vezes que se tocam.

Dimensão acessada mudança de estado de consciência kundalini acessada.

Musculatura contrai o prana o pneuma o ar rarefeito o grito perfeito sintonia em um outra dimensão.

vivência que se dá aqui no mangue aqui na cama aqui na lama ou em valência, não tem equivalência com nada nessa dimensão, nem mesmo dimensão se pode dar a esse estagio incomensurável do ser, diametralmente oposto aos opostos se transforma em uma única viagem a dois entrelaçados colados em pele e osso conectados pelos poros e os sentidos se perdem enquanto se encontram em uma outra dimensão, sem ar no vácuo.

Plug universal forma da existência sublime sentido de importância única me pergunto o por que dessa dimensão em que vivemos se podemos viver em outra?

O poeta se transforma nos profetas nesse mundo proclamando as verdades presentes e conclamando a todos os seres para a busca dessa dimensão de gozo, prazer e sentido.

Sente o que faz sentido vive o que faz sentido poetas são o prenuncio dessa dimensão sem medida tenta mensurar  sentido com rimas mas não se aproxima, para tanto precisa de clima seja ele qual for de calor, frio cataclisma e terremotos é o que mais se aproxima do gozo da dimensão acima.

Estou aqui anunciando esse estagio…que tenham o contagio e sejam picados pela droga que vale a pena…vale a pena do poeta, que tem pena dos que não sentiram…é trágico sim…mais do que a vida.

E lindo e suntuoso se tens mais que a vida, esta acima dela esta acima dos poetas, esta em nós amantes.

Estado de transe…transe…transe…transe…transe…

 

Sou quase pedra.

A felicidade é um bem a ser alcançado quem a tem as vezes não se da conta.

Quantas e quantas vezes alcancei perdi a conta perco hoje ela em mim.

Um estado alcançado não se trata de um bem alçado mas quando perde-se não tem estudo trilha ou picada para se cortar com um facão para chegar a esse objetivo.

Hoje quem esta contigo, quem esta contido em suas reticencias? Quem é artigo no seu vocabulário e quantas vogais ainda estão em voga no seu discurso.

Quem é a diferença em suas contas quem soma contigo quando estas dividido afinal de contas dizem e pregam o amor…seres humanos seres de vivência vegetativa.

Um dia pensei que as pedras são os seres mais evoluídos não se movimentam e são fortes passa anos, milhares até milhões de anos e não mudam são as mesmas, os seres humanos são e não são…todos loucos sem sanidade .

As pedras não precisam de ninguém caminhamos para isso somos  parecidos com elas sem sentimentos duros e não saímos do lugar, até nos projetamos sobre outros, para nos transformarmos e evoluirmos a esse estagio precisamos desconstruir nossos telhados de vidro.

Solidão já tenho, duro de coração já sou, me movimento pouco, as lágrimas estão secando ainda sobrevivo e vivo por causa do beijo.

Judas até isso sacrificou..judas se enforcou após o beijo eu ainda sobrevivo.

Eu não quero nem saber.

Não busque na vida o perfeito entendimento dela.

Não queriam saber sobre geometria sagrada.

Não queiram saber sobre os druidas.

Não queiram saber sobre astrologia.

Não queiram saber sobre religiões.

Não queiram saber sobre magia.

Não queiram saber sobre Kabala.

Não queiram saber sobre os mistérios.

Não queiram saber de onde viemos.

Não queiram saber  para onde iremos.

Não queiram saber…não queiram o saber.

Não queira. Não creia.

Se você chegou até aqui lendo…te digo:

Não queiram.

Vai morrer mesmo. Mesmo que não queiram saber.

 

 

 

Delação sem premio algum…

Quer poesia com ‘ri minhas”? O poeta tem hoje as de chorar.

Quer poesia falando do amor? O poeta tem hoje falta dele.

Quer poesia, aperte o cinto, no seu pescoço.

Eu te sigo…eu te sigo no Facebook, eu te sigo no Instagram.

“Ai Esta Gram” mestre dos deuses.

Só peço que não me siga…tire as crianças da sala teremos cenas de profunda revolta e de verdades aqui hoje…poetizando e mostrando o seu o nosso…modus operandi…contarei tudinho e somente os detalhes sórdidos não te pouparei…

O modus operandi é o mesmo é o mesmo.

A vida próxima da morte tem suas similaridades.

Acho que alem de tudo fui longe de mais na reclamação com os deuses.

Os que aceitam de bom grado o modus operandi deles são beneficiados em dobro.

Já ate tive vocação para jó mas não perdurou será somente vocação, não era eu.

já a minha invocação é diferente do Jó, então disseram já que não um Jó Pau nele.

O diabo me tocou não por que quebrou o pacto divino mas por que eu não fui justo.

A justiça realmente não foi o me forte, meus pecados que diga-se de passagem a culpa é de Adão afloraram de uma forma e de uma vez muitos fortes, não estão mais diluídos pela minha existência, fui longe de mais para eles e não tão longe pela vida.

Para mim também já deu, acho que estamos entrando em um acordo ou melhor eles terminaram o acordo que tinham comigo, vamos dar a ele a condição de sobrevivência e tempo para ver se muda de opinião e entra nos nossos eixos..

Afinal até a mãe dele esta agindo de acordo os nossos modus operandi seguindo a risca os nossos riscos mesmo próxima de ser riscada do mapa.

Esse cara que gostava de ser chamado de poeta maldito aceitamos somente isso na sua vida, demos até nisso a nossa contribuição acho que já o ajudamos demais em seus desejos o grande erro dele nisso tudo foi ser maldito, ou maldizente como queremos intitula-lo melhor assim fica melhor o poeta maldizente, “pego  bronca da gente”…

Mas esse não precisou muito de nossa ajuda nesse sentido ele se jogou no fundo do ser por conta própria, um grandíssimo reclamão tinha quase tudo na mão enfim…enfiou os pés pelas mãos, só estamos chutando ele para ajuda-lo a se destruir mais fácil para isso tem o nosso total apoio.

Tiremos tudo que proteção de sua vida, tire a rede de proteção de sua vida, afinal não tem mesmo rede no seu apartamento é um homenzinho,  isso é com ele tiremos o que é de nossa alçada esse é um dos nossos meios e modus operandi tiremos os seus Anjos…

Ele já é u m poeta maldito, maldizente que não concorda “com a gente”…

Tiremos os seus Anjos, tiremos o anjo do caído, tiremos até os anjos caídos do caído, não lhe caiu a ficha até então hoje foi o momento da revelação de que ele tanto suspeitava.

-Suas suspeitas são reais fidedignas verossímeis parabéns poeta “maldizente da gente”…

Nó se vê por ai….nó se vê por ai…você se enrolou todo entende agora que és filho da dã?

E não tem arco íris no final do pote tem constatação das suas suspeitas.

-Sim somos sacanas e se não aceita os nossos modos operandi esta ferrado…

-Cambio operando.

Finalmente esta chegando no final do texto e da vida…finalmente.

– Vocês  realmente são uns crápulas tem horas que penso até que vocês sou eu, assim como a turma quântica gosta de propagar e ai não vai fazer nada com eles?

-Ta certo nós,  nos escolhemos.

O poeta, contista Rubem Alves tem razão somente as pérolas tristes criam pérolas..

Eu por minha vez triste criei essa pérola que acabou de ler.

Em breve serei colhido, ceifado como gostam de dizer os crentes que se enganam…

Eu não mais me engano e estou assim por não querer se enganado, mas no final agora bem no final engano a todos com a minha agressão e mentira nessa vida, enfim é o fim, sinto e pressinto já estou com saudade das brigas travadas com vocês seus deuses.

Mas seus modos operandi precisam cada vez mais se apresentar e ser oferecido a toda criatura desse mundão…

Eu peguei no ar…eu fui pego no coração eu fui pego por vocês mas o coração tem uma culpa maior ele chegou primeiro e quem chega primeiro bebe água limpa eu bebi do cálice do furor dos deuses…então estou condenado.

Eu me condenei sou um com vocês seus deuses de M…eu sou vocês e confesso sofro com isso gostaria de ser e ter sido diferente mas o pecado habita em mim assim como eu habito em vocês somos eu e vocês o pecado, para quem não acredita em pecados como eu,  somos também iguais…e depois dizem que o setembro que é negro…

Agora vamos ver se o ministério publico aceita a minha delação, os deuses não aceitaram…afirmam que não tem novidades no que eu delato…Que seu coração sempre foi assim de lata…

Então esta dada a sentença, senta e pensa, em uma sacanagem…não as sexuais, mas as dos deuses…não consegue ? Então fique tranquilo…terá paz e dinheiro e um final de vida proveitoso…aproveita…eu estou condenado.

Sou Réu confesso…e criei provas contrarias a mim mesmo…resultado disso?

A morte. Nessa eu os ajudarei… a terminar o que começaram..somos um.

 

 

 

Para que?

Realidade virtual amores falsos uma realidade factual.

Realidade factual são os amores virtuais com seus sonhos adulterados.

Amor é o tema fantástico.

Cansei de escrever sobre o desamor, cansei de escrever sobre utopias.

Cansei de escrever sobre o amor e o amar…

Cansei do amor , cansei de amar

E agora o que eu faço? Não consigo me levantar.

E agora o que eu faço? Não consigo…

E quando consegui serviu para que?

Planeta de experimentos cobaias do sadismo.

E eu que só queria amar…e eu que só queria ser amado.

Maior abandonado que abandonou a todos, debandaram.

-Os nossos não sabem que estou aqui.

-Os nossos sabem sim…mas nos abandonaram.

Te abandonaram e eu hoje sofro com isso …sofro estou igual.

Abandonado.

Só os pés são diferentes o chute é igual…

Os nossos nos abandonaram se uniram a DEUS.

Eu sobrevivo de mentiras e morro por causa delas.

Uns vivem delas outros são a própria improbidade.

verdades onde estão que não as vejo? Não existem no varejo.

Somente eu atacado que as vejo no atacado?

Mentiras exclusivas eu só encontrei aqui…

Mentiras verdadeiras…não me interessam.

Mentiras sinceras muito menos.

E é o que mais tenho em mim,

somadas as  vindas de ti…resultado do meu ser.

 

 

 

 

Prometeu descumpriu eu também.

Quantos anos podemos contar se somarmos as segundas-feiras que prometemos mudar uma situação em nossa vida?

Quantos anos daria as promessas de mudar a nossa forma de ser?

Eu confesso que a somatória dessas segundas-feiras em minha vida chega próximo aos 5 anos.

Quantas promessas feitas dentro de mim e por aqui…quantas e quantas.

Os deuses e as pessoas ao meu lado olham com desdém as pseudo mudanças e promessas alçadas ao vento.

O meu coração bombeia sempre o sangue venoso que acaba aos poucos com a esperança de oxigênio para a vida pós promessas.

Eu por minha vez sigo com a razão perguntando como sou assim.

Eu por minha vez vejo que sou um viciado em segundas-feiras.

Eu por minha vez procuro me firmar no lado arterial de minha existência.

Essa certeza do vicio das segundas-feiras é bom consigo ver onde me encontro…estou perdido.

Outra certeza que não posso descartar e dar méritos e créditos e me subjugar e dar a mão a palmatoria é a disposição dos deuses em me ajudar e nesses anos todos estarem com as mãos estendidas e com sua proteção a minha pessoa.

Novamente gratidão eu reconheço por tudo aqui até agora, gratidão.

Hoje me adiantei a próxima segunda-feira, peço aos deuses que terminemos nessa Quinta-feira com esse legado.

Necessito do refrigério vencer os meus demônios interiores que fazem parte do meu ser, preciso ser o vencedor.

Me deem força e que eu consiga e vou conseguir conquistar e cumprir as minhas promessas, o erro esta em mim que achava ser forte.

Preciso da ação da disposição e deixar as promessas.

Deuses da Quinta-feira, Jupiter, Thor, Donner, me ajudem.

Prometeu me deu o fogo espero que meu fígado seja recomposto de uma vez por toda.

Quero vencer, quero sair da pedra em que me encontro amarrado, não quero servir mais de alimento as águias.

Minha Fênix interior parece ser uma galinha…vou de galinha mesmo deixarei de cantar de galo, meu canto é alto, meu canto é triste sairei do canto em que me escondo e me manifesto para ser o centro das atenções o meu testemunho é necessário.

Nessa vigília de fracassos hoje quinta feira , ficara marcado como  o dia do culto em que mudei e que me soltei das amarras não mais na marra mas por amor e muita dor.

Depende de mim, simples assim e difícil assado.

Gratidão…

Namastê, Asé, Amem, Shalom

Vovozinha sem voz.

Nem chapeuzinho vermelho ou fita verde no cabelo,

sem paráfrases, sem parar ou seguir pela floresta,

sigo ao meu destino, qual será ele?

Qual o seu destino? qual será ele?

Sabemos que existe a floresta não mais os pastos não mais,

as plantações de algodão que se soltavam ao vento na terra vermelha.

Sigo pela selva de pedra com destino incerto é certo.

Sigo sem pote ou cesta sigo assim como o lobo morreu de “velhar”.

Não me venha convencer de que temos que melhorar,

até o caçador de ilusões cansou de tentar me acertar,

é certo que não mais me iludo. Vovozinha tenho medo.

Vovozinha perdi a fita verde do cabelo, ela se foi com ele,

assim como a outra vovozinha esta sem voz, sem avós eu estou.

Sigo até sua casa, vejo-a cinza e o Guimarães Rosa.

De novo nessa velha historia nova é para mim,

Já para o Guimarães Cinza a vida não é um mar de rosas.

Toco a campainha e vejo sua companhia, subo a escada

ela ali sozinha.

Viu que bom vovozinha tem uma visita.

-Quem é você?

“- “Sou eu…” – e Fita Verde descansou a voz. – “Sou sua linda netinha, com cesto e com pote, com a Fita Verde no cabelo, que a mamãe me mandou.”(Guimarães Rosa.)

Vovó por que esses braços tão magros e amarrados?

Foi aqui que eu amarrei meu burro e  ninguém solta,

-solte o burro…minha netinha solte o burro.

Soltei um urro…forte no escuro.

Fábula é a vida, fabulosa e inescrupulosa.

Lobo Mau vem e faça o bem, enquanto DEUS, faz o Mal.

Para ele não faz Mal se você esta mau.

O lobo não foi morto pelo caçador, os dois já morreram…

Deus você quer descontar na vovozinha que esta sem voz?

Quem tem voz ativa frente a morte, ela é passiva de dor.

DEUS quer descontar o que fizeram em seu filho na vovozinha?

Sonda a ela, sondas colocaram nela, se DEUS sondar o meu coração verá.

Reflete em meu coração a face magra os cabelos ralos as magras pernas,

a impossibilidade de mobilidade.

E o seu Espírito Santo? O lobo morreu o caçador morreu,

Vovozinha ainda não eu também não.

Não me conformo com as fabulosas fábulas que você escreveu em seu Livro.

PAI nosso que esta no céu…A vovozinha esta sem voz para dizer o AMEM.

E eu também.