Chapéu Mexicano

EXTRA , EXTRA O FACE JÁ EXISTIA EM ITUVERAVA NOS ANOS 70.

Tem também aqui no FACE, historias do “feice” (“turquinho” de Ituverava).

Mais do que nunca o “FACE” começou em Ituverava, muito antes do Facebook, atual…..Então Kaveirao…Vamos lá mais uma…
começaremos pelo Largo do Rosário, mais conhecido como o “largo véio” , temos em Ituverava a facilidade de encurtar nomes e colocar apelidos.
Por exemplo, olha essa, vê se conhecem: Meu Deus a égua veio vindo de “fasto”, e pegou o ‘Zé aniba”. Traduzindo: A égua andou para trás e pegou o José Anibal….isso só em Ituverava.
Passava do Fabiano, começava o “largo véio”..(Fabiano o colégio), quem se lembra da Dona Basílica e da Dona Cilda? hehehe, com certeza tremeu o mouse com essas duas lembranças…E dos exames de Admissão…fazer admissão com a dona Basílica era o Ó. Antes você tinha que passar no “vestibulinho” para mudar de “GRAU”.
Mas retornemos ao Largo véio, ali tinha a igrejinha e a Zona proibida da cidade, juntamente com o Tiro de Guerra…(honestamente só aprendi coisas erradas, ali)
Íamos para a cachoeira, ou de bicicleta ou a pé, quem lembra da subida da cachoeira e ainda não tinha asfalto, aquela grande quantidade de cascalhos, uma vez caiu um carroceiro, na ponte era avó do Silvino se não me engano, um super cara…simples e a carroça caiu no “rebojo”, onde a frente as pessoas, lavavam seus carros…alguns nadando com boia de pneu de trator, eu tinha uma que usava na A.A.I., aquela “rosca” enorme onde entravamos em 4 e trançávamos os pés entre a boia e remávamos com os braços, hehehe.
Na fazenda do Chumbim, tinha o poção onde a turma do chiclete tinha seu Q.J., Íamos ate´a fazenda do Ulisses, do Jéferson Loiro, do Jorge Abud etc…ate Capivari da mata..
Na volta a subida da cachoeira era uma coisa triste, passávamos pelo laticínio e íamos até a A.A.I, acampávamos ali sujos, uma vez trouxemos uma cobra que achávamos que estava morta, mutos a enrolava no pescoço e fazia suas demonstrações de super homens, começou a aglomerar pessoas, e fomos para o banheiro..um numero enorme de mulekes querendo ver o anfíbio, quando a cobra foi jogada no chão, estava viva e o estardalhaço foi grande, muleke querendo subir no varal onde pendurava as sacolas, foi tudo por água abaixo, varias e varias suspensões do clube já tivemos…E A boatinha que fizemos na A.A.I, era o Interact club que fazia, hehehe , EU, Paulão, Leda, e varios outros, o DJ, CAMILIM, o Paulão queria vender a Kombi para comprar uma sanfona, kkkkkkkk, ele e suas inveçoes, tínhamos globo de isopor colocado com espelhos, as maquinas eram das vitrolas e radiovitrolas da casa dele, ventilador, hehehe uma vez ele fez um ventilador que colocou ao lado da cama e “Roçou” o peito dele Paulo Piratininga, a moda era calça cigarrete e usávamos gargantilha de peixe com camisas cheias de motivos floridos e sandália HAVAIANA PRETA AO CONTRARIO, deixando a parte branca para baixo, não tinha essa variedade que temos hoje….calça da moda era makeen, não sei escrever, hehehehe eramos felizes, tomando hi-fi, ou Gim tônica para ficar branco com a luz negra, e viva o PASSADO, e para finalizar quem lembra do Turco da loja da avenida descendo a avenida de cinquentinha e não conseguiu parar e derrubou o banco do jardim??? O mesmo que em uma FAPCI, (feira agro pecuária de ituverava), foi ao parque e entrou no chapéu mexicano, varias pessoas olhando, não é que o cara tinha comido muito macarrão antes de ir para a FAPCI e o chapéu mexicano ia rodando, rodando e o cara vomitando macarrão em toda a população essa e´a ITUVERAVA QUE CONHEÇO, (acho que era o “feice” que não é o nosso FACEBOOK, atual, mas que em ituverava o “FEICE”, JA EXISTIA ISSO SIM…(PELO MENOS FONETICAMENTE ELE EXISTIU ANTES, HEHEHEHE…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *