Ela mentia eu escrevia o Rei Lear.

Tem momentos e quase sempre veem o silêncio

Silencio, fico quieto, penso, antenado mas silenciado,

Sozinho e mal acompanhado, sempre esse legado,

que desatina, que repete no prato, eu peço assa a sina,

 

mas já tens o macarrão,  com alho cebola…de fato.

Não se faça de arrogado, foi lhe dado doado doido, ai tens

o prato coitado,  açoitado que se acha um achado, com

o rosto inchado, um devoto do acaso, achando-se vivo, no pecado.

 

Sempre conflitado desesperado hoje calvo, cortado

Cabelo na sopa não cai, não por não te-lo pois não bebe

vinho, nem a sopa e agora não engole o sapo, assado.

Cardápio que se repete, em todos os voos alçados.

 

Aeromoças moças aéreas, vivem em outro mundo,

quando cai em minha mão surge a confusão,

pelos dedos se vão. A abastança se faz na gastança

desde criança, este é o destino que rimo me fodo, sofro e

que vejo como uma brincadeira de menino,

 

Mas você já cresceu não pode brincadeira nem de gnomo,

de mulher pode ser? De mulher ou daquela ou dessa fada?

Dizem até não existir mas é o que mais vejo, não só fada,

tem as que promete e não cumprem  as que mentem e te metefada-blue-233x300

em enrascada, é só isso para que servem para mentir e te meter…

em emboscadas,  te leva o mel a boca te serve cocadas de cócoras.

você se ilude e vai nessa toada,  passando por  varias encruzilhadas,

e olha que não são de macumba as danadas, quase parando sangrando

 

por causa dessa fada, que se faz passar por princesa assanhada.

De amor se diz tudo conhecer a representação é perfeita,

te ilude te tenta chega a aquecer, o prazer esquenta e é somente isso,

pois na cabeça fria tem fantasias, no seu alter ego o verdugo existe.

Disse que é do passado que existia, mas agora é tarde minha cabeça rolou o coração ficou.

 

Próximo ato, intervalo do drama que parecia  ser comedia, nunca

Comedida, sempre espevitada sera que sente a coitada? Drama

desde adolescente de repente mudou a cena,  acabou o espetáculo.

Em cartaz agora outro, muda o figurino, muda o cenário a atriz continua a mesma.

 

Aqui não tem meia entrada e´para adultos, não importa que tenha escola

que seja letrado, começa com o erotismo vai para o drama e acaba,

na tragédia com choros sufocados, lagrimas luz e cenário mudado,

A atriz agora esta em um monologo, com o pano abaixado, termino de turnê.6083657194_5a1def3ea1_z

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *